segunda-feira, outubro 20, 2008

Once in a while (portfolio I)

I don't know what love is 
I'm selfish and lazy 
And when i get scared i can act like i'm crazy 
But when i think of your kisses I'm still gonna smile 
I'm still gonna miss you Once in a while


Once in a while i'll wake up 
Wondering why we gave up
But once in a while 
Comes and it fades away 
Good things keep moving ahead 
I'm tired of dying i'm living instead 

24 comentários:

SMA disse...

Eu conheço essa foto...
e essas mãos, que poucos reconhecerão, creio :-)))
e esse livro, Espinosa no seu melhor
.
.
.
hum essa rede, sim... saida da piscina
.
.
remnisciências fazem alguns sorrir e a outros chorar
Onde estará a fonte que os difere?!
Esta semana deve ser a minha semana, risos...
.
Obrigada
Abraço-te

Luz del Fuego disse...

Reminiscências fazem-me sorrir, por tudo o que a Peyroux diz nessa canção. Se há quem chore, deve ter as suas razões...

Ou outra fonte:-))))

Xi (grande) coração!

Luz

Once in a while i'll wake up
Wondering why we gave up

SMA disse...

Já estou up... vamos ver se me aguento...
.
.
.
A P. fez umas fotos do Xico e outras de mim... hummmm... vê o meu cantinho
.
.
Até parece que sou bonita
:-)))

Luz del Fuego disse...

Bem, lembro-me de alguém que fazia birra frente à objectiva.

"Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades..."

Agora, o meu Xico, isso já é demais! Tenho que falar com a P pois isso da guarda partilhada dos filhos ainda vai dar um estoiro!:))

Quanto a ti, ela até pode fazer um portfolio completo, que eu já tenho o meu bem guardado! LOL-:))

Beijos meninas, juizinho!!!

Luz

SMA disse...

E continuo a fazer
.
.
.
São 20 de trombas para acertar numa boa
.
.
Conheces o filme?
Não entendo porque não apareces! Ai...

Eu... disse...

não conheço a foto...
faz parte do "teu portfolio":)
mas conheço as mãos, na perfeição :-)))))
gostei da reminiscência, e que todas fizessem sorrir, resultado de saldo positivo.

linda, como tu estás???
melhor que nós... que o frio já despertou e...

...melhor ainda, porque te livraste do "mau feitio" e deixaste-o por outras mãos!
nem sabes o que tenho "aturado" ;)

como tão bem sabes de bonita não tem "nada", a beleza está nas mãos que seguraram a objectiva, não achas???

Xico não: Prince Frank... guarda partilhada???
não podia estar em melhores mãos, é tratado como um verdadeiro aristocrata.
"quem meu filho ama, minha boca adoça"
espero já ter adoçado a tua :-)
e a zucca maria???

a ti um beijo doce e não (agri)
P.

Eu... disse...

acredita em mim...
as 20 de trombas já fazem parte do estado normal :(
mas faz sempre charme para a objectiva, risinho...

AH!!!

não acredites muito no "UP"...

sobe mais três degraus, desce quatro!

bj terno

Luz del Fuego disse...

Oh P!!!... Como te compreendo!...

Só tu me fazias rir às gargalhadas a essa hora, depois de um jantar recheado de boas coisas (boa comida, boa bebida, boas pessoas...). Alguns "pró-seco" depois, leio os teus comentários com enorme bom humor e vejo o filme todo: P, não lhe dês muita corda! O mau humor é bom sinal, quando ataca é quando ela começa a se apegar (e nós que a aturamos sabemos bem o que "apegar" significa). O meu "lord" pelos vistos já tem três mães, e dizem que os gatos são parvos!? Sei que ele te adora, mas não julgues, também fazia covinha e dormia aos meus pés. Esperto como é, já percebeu que tu e eu nem vagamente somos parecidas, de maneira que te adoptou mesmo. Sei que está em boas mãos! E por falar em mãos... Olha, deixa prá lá, ou melhor... "eu sei que tu sabes que eu sei que tu sabes..." e daí em diante. Bem, tem paciência é o que eu te digo. Normalmente a felicidade é algo que só sabemos que existe quando olhamos prá trás ou quando a perdemos. Ah... Essas mãos!

Um beijo grande, e muito carinho...

Luz

Luz del Fuego disse...

Ah, ia-me esquecendo: Zucca Maria manda muitos aus ao Prince Frank. Está cada vez mais mimada e filha única, que agora é de facto... E sim senhora: adoças-me a boca com as estórias do Frank Nelson, estou babada!!! Saudades,

Luz

PS: as trombas têm remédio santo - uma boa dose de sashimi regado a sakê gelado. Essa é à borla, mas vou começar a cobrar as dicas..:))))) LOL

Eu... disse...

Oh Luz(inha)!!!

foi preciso partires para haver esta comunicação, mas nunca nada é tarde. o teu bom humor (que falta a alguns "maus feitios")contagiam-me.

sabia que estavas "alegre" e em boa companhia e mais satisfeita fiquei de saber que te proporcionei umas boas gargalhadas de um filme já tão visto por ti...muuuitos risos!

a última vez que bebi "pró-seco" foi mesmo na "tua companhia" (ao telefone com Ah...Essas mãos)em que me deixou "pendurada" para falar contigo sobre reminiscências...

não lhe dou muita corda...grita, implica, amua e depois chama-me MF, é bom sinal, confunde-nos,e toda a raiva despejamos em quem muito gostamos portanto: AMA-NOS...hehehe
"sei que tu sabes, tu sabes que eu sei, por isso sabemos..."

quanto à dica não é necessário, outras talvez... mas esta já me era familiar e domingo foi uma boa dose de sashimi(que nos rimos que nem umas perdidas)pois o "cheiro" era absolutamente intenso... ;)regado com sakê geladinho.
mas "duas(uma) quintas" também faz efeito às trombas :)))

o Prince Frank é um doce, doce, doce. o gato mais cão que conheci, e agora vou provocar-te um "ciumezinho", ele não faz covinha aos meus pés, mas sim no meu pescoço ou no braço...LOL
é uma delícia... apesar de tudo o que era de vidro cá em casa, já fez o favor de partir tudo, pois ele gosta de ser pássaro e por vezes voa.
não te conto outras coisas que ele faz e o deixo fazer porque em público não convém...LOL
a outra mãe comprou areia que não tinha pedras, mas sim pedregulhos... eu achei que "gato aristocrata" não tem areia em pedra, mas sim areia fina...ele deve pensar que está na praia e rebola,rebola. neste momento está aninhadinho no meu colo com a pata estendida em cima do pc e transmite-me um ronron para ti.

neste momento o "pró-seco" já está destilado... e não me importava nada de te ter acompanhado a bebê-lo ;))

beijo ternurento,

P. Eu Mesma...

PS: não te esqueças de APARECER...
olha os :
AI...

AI...

AI...

que são irritantes, e pensa que nos amedronta!!!:))))

isabel mendes ferreira disse...

um abraço. sem rede. apenas abraço.
e o desejo que estejas MUITO BEM.

lisse disse...

Sai uma pessoa do seu "buraco", para respirar um pouco de ar fresco...
Para esquecer as magoas, deixando os olhos beber a beleza das imagens e o pensamento passear nas palavras e na música.
Mas eis que entro, como "invasora" em casa estranha...
Talvez a boa educação me segrede, para sair silenciosamente. Mas, não o faço. Afinal é tão bom encontrar pessoas de quem se gosta!...
Obrigada,pela bonita música e voz.
Obrigada por este local de "encontro" e o café bebido em silêncio...

Abraço carinhoso

Luz del Fuego disse...

Sabes o que é mais gostoso nisso tudo? É estar tão longe, e nunca me sentir tão perto de tudo o que mais amo nessa vida! Se pensarmos bem, a distância e o tempo são tão relativos que fazem efeito contrário: em vez de nos separar, aproximam-nos ainda mais, pela saudade. Essa intimidade, que só se consegue com tempo, paciência, trombas, risos, lágrimas, pró secos e sashimis, fotografias, cães e gatos, chegadas e partidas, e tantas coisas mais, é a delícia das delícias do Amor (que não rima com "dor"). Bem, e já estou aqui e estou a entrar em pieguices, e a saudade é tanta que só me apetecia ser magnata para vos mandar buscar no meu privet jet, com Frank a lambusar-se de sardinhas suculentas e as meninas a empanturrarem-se de brut imperial (eheh, isso de pró seco é a versão pobrezinha, LOL!!!).

Lots of love, take care!...
Beijos,

Luz

Luz del Fuego disse...

Querida Lisse,

Vou te contar um segredo: o meu sonho era ter um espaço onde coubessem todos os meus amigos, onde entrassem e saíssem como se estivessem nas suas casas, e onde todos se sentissem bem. Por isso estou a trabalhar num novo projecto de vida, sobre o qual ainda não posso falar, mas pelo qual troquei uma carreira e uma vida estável. Serás sempre bem vinda, neste ou em qualquer outro espaço meu, que espero nunca sejam para ti uma "casa estranha" mas, como bem dizes, um lugar de encontro(s).

Beijos,
Luz

Luz del Fuego disse...

Como é bom saber-te por perto Isabel!

Vou todos os dias ao teu belíssimo Piano matar saudades e saber de ti. É como ir à tua casa, sentar-me ao pé de ti, beber um café e dar-te um beijo. Faz parte do meu dia, logo pela manhã.

Por metáforas, por imagens ou pela música sublime, o que importa é ter a mente e o coração abertos para te dar espaço e aconchego, e aprender a te escutar, no intervalo das palavras.

Abraço-te com imensa ternura,
Luz

SMA disse...

Ai, ai, ai
Vamos lá colocar ordem nisto...
.
.
.
Esclarecimentos; O XICO É MEU E SÓ MEU... até o fim, diria a publicidade do tal gelado.
.
.
Ele às vezes fica com a mãe P. porque afinal não deixa de ser um gato e até um gato precisa de alguma estabilidade. E ficou estes dias com a P. mas ja ja voltá a mãe 1.
.
.
E parem lá de falar dessa coitada da foto. Que chatas... "meia idade" impossivel...
.
bjo.te
:-)))

P.S.- Acabei de chegar do médico
.
.

Anónimo disse...

Olá Luz!
Every once in a while começo a excrever um comentário que é interrompido por algo ou alguém, e olha... moita!

Mas tenho seguido a tua produção bloguística e noto um ânimo crescente, o que me deixa muito feliz!

Além disso, é sempre bom ver que, algures no mundo, há alguém que não precisa de sair à rua de blusão de penas. Irra, que está um frio que não se pode!

beijos para ti e envia algum sol pelo correio... :-)

Filipa

sma, tive cá uma dor de cabeça after-party... eu bem dizia que já não tinha saúde para aquilo!...
;-)
bj

isabel mendes ferreira disse...

eu sei. eu sinto. eu vejo. eu recebo-te.


________________.


bom ter-te à distância de uma virgula ou de espaço ou da compreensão.


_______________.obrigada Luz. (tropical-érrima).


bom dia. que aí aquenta e aqui já arrefece.

SMA disse...

Olá Pipinha,

Quem é vivo sempre aparece... Fiquei preocupada contigo, porque digamos que ja não estavas "sozinha"... muitas louras dentro, digo... e ainda quiseste ficar mais... pelos vistos chegaste a casa sã e salva :-)))
.
.
.
Como diz a Luz as pitas não aguentam nada.
Por isso fiquei-me pelas garrafinhas de água, apesar de ser descrito por aqui, que eu sou uma bebeda, ela é sake, pró-seco, duas quintas que ficou em uma. :-))) Principalmente fiquei-me pela água, depois daquela horrorosa bebida do "Jardim dos Sentidos" :S ... não há paciência para ficar e passar mal os dias... para isso ja basta o mal da genese.
.
.
dá noticas
há uma "party" para semana na nossa "côte d'azur"... pelos teus lados!
.
Aqui está um sol fantastico e faz calor... mantenho as calças de linho :)))
bjs

Eu... disse...

OLHA LÁ...sma!

ficaste pelas garrafinhas de água???
os "BAILEYS" foram bebidos por mim e pela Filipa??

ai,ai,ai...

beijo para ti Filipa e valeu a dôr de cabeça ;)

Luz, beijão, beijão repenicado

P.

Luz del Fuego disse...

Pipas,

Esse meu defeito de achar que tenho que ter um bocado à parte para escrever um "testamento" acaba por confirmar que o “óptimo é inimigo do bom”... Assim levo meses a ter o tal bocado, pois a vida aqui não é propriamente à sombra da bananeira com caipiroskas ao som do samba-:)))

No entanto tens razão... Apesar do fado me estar entranhado, e do samba não ser propriamente apanágio do paulistano (and a “little tired of dying”) fico-me pela Madeleine Peyroux que já canto de cor:

From bad luck i'm walking away
I'm not getting stuck
I'm not gonna stay

Ou seja:

To good things i'm moving ahead
I'm tired of dying
I'm living instead

Os dias são bem paulistas e sub-tropicais: 30º à sombra de manhã, uma granda tromba d’água com raios e trovões lá pelas 15-16hs, e um fim de tarde mais fresquinho no parque com a zucca a rebolar-se na lama vermelha (até a lama é diferente no novo mundo, LOL!!!).

Mas não te iludas, quando cheguei estavam 12º em SP, logo isso aqui não é para alérgicos (versão tupiniquim do “esse pais não é para velhos”).

Um beijo grande, com muito sol, calor e saudades!
Luz

Luz del Fuego disse...

P, deixa estar que a SMA e a FF estão-nos a sair umas sonsas: uma diz que bebe água quando se enfrasca em baileys (tão jovem e tão passé!...) e a outra dá-lhe dor de cabeça cada vez que mete o nariz na noite. Imagina se fosse no "nosso tempo", quando éramos noite sim, noite sim até o sol raiar. Enfim, não se fazem madrugadas como as de antigamente (nem pitas LOL!!!). E depois já sabes: AI AI AI!!!

Cheers! Pelos bons velhos tempos...

Beijos quentinhos,

Luz

SMA disse...

Pois Pitas, Pitas... mas vêm cá bater todas
.
.
.
E um bebi um copo de "BAILEYS", porque ALGUÈM disse que seria bom para as dores de estomago com que eu estava... e sim, foram duas garafas de água
.
.
e muda de post que este ja está a cheirar mal
ai
.
.
inte
vou-me ausentar
bjo

Luz del Fuego disse...

Bem, a pedido de várias famílias, vou continuar o meu portfolio noutro post, pois apanhei uma carrada de ciúmes da P com o destaque fotográfico do "caminho de terra":-))) LOL!!!