quarta-feira, setembro 17, 2008

Empurrando a Alma

Photo (c) Sylvia Henel


Se houver um tempo de retorno, eu volto. 

 Subirei, empurrando a alma com o meu sangue por labirintos e paradoxos 


até inundar novamente o coração. 


 (Terei, quem sabe, o mesmo ardor de antigamente).  






22 comentários:

SMA disse...

Não faço ideia o que é estar no meio dia da vida... sem todo o tempo do mundo... onde as decisões têm que ser acutilantes como palavras assertivas sem volta nem nota de rodapé...
.
.
.
merda de vida é o que me apetece dizer (e não sou de falar mal)
.
.
está abater um "pedacinho"
aceito o silêncio

bjo doce e quente aqui chove e eu nao gosto de chuva
(como sabes) - deixarei de dizer esta expressão só mais uma vez... e uma vez mais...
Sim já me vou e não bebi...

:-)))

Anónimo disse...

Terás sim.
Eu sei.
Sabemos todos.

Terias mesmo que não voltasses.

Mas vais voltar.
Eu sei.
Sabemos todos.

Para comer
Sardinhas.
Para beber
Boémias.
Para passear
Na rua.
Para conversar
Em casa.

Para dizer
Olá, há quanto tempo.
Para dizer
Até à proxima, apareçam por lá.

Para repetir sempre.
Sempre que possas.

E vais poder.
Eu sei.
Sabemos todos.


Um grande beijo,
Filipa

PS: O Norte é teu, não o percas ;-)

Ego. disse...

Lia lindaaa!!!
Fabulosa leitura!!!

Bom gosto o seu...
Até!

Druiel disse...

Quem sabe?
Mas seria bom que assim fosse.

Adorei a selecção.
Beijinhos
Druiel

Luz del Fuego disse...

S, a graça disso é que para tudo na vida há um "tempo". Tens, tenho, temos - acredita - TODO O TEMPO DO MUNDO, posto que isso do "tempo" é muito relativo.

Aqui o sol alterna, mas a lua sobre o Tejo (que só não é mais bonito que o rio que passa pela minha aldeia porque não é o rio que passa pela minha aldeia) está linda!

Cá para mim andaste às ponchinhas!

:-)))))))))) BEIJOOOOOOOOOOS!

Luz

ps: aparece lá pela minha aldeia;-)

Luz del Fuego disse...

Filipa, eu sei que tu sabes que eu sei... Mas isso não é para "todos", mas para "todos" os que levo no coração. Por isso vais comigo e estarás sempre por perto, a lembrar-me que o norte é meu.

Um beijo grande,
Luz

PS: "Sei que não sei às vezes entender o teu olhar, mas quero-te bem" (como dizia o outro...)

Luz del Fuego disse...

"Ego" é um nick engraçado... Venha sempre. Bjo.

Luz

Luz del Fuego disse...

Druiel, já fazia tempo que não te lia por cá.. O que é feito? Gosto que gostes, e espero que fiques.

Quanto a mim, é como dizes... Quem sabe?

Bjos,
Luz

isabel mendes ferreira disse...

e foi por um labirinto que te re.encontrei. inundada de Luz. como no tempo antigo.



estou aqui para te AGRADECER!!!!!!



coração aberto. Ar ar ar.


(Luz...........OBRIGADA!)

Luz del Fuego disse...

Nada acontece por acaso. Como re.encontrar-te e abraçar-te.

Velhos tempos, novas emoções e uma só certeza: o amor (como a fé) move montanhas e tudo é possível...

I, com enorme carinho,

Luz

isabel mendes ferreira disse...

g r a t a (íssima) pela tua L U Z!!!!

.



___________________beijos.

água disse...

...por ares de nunca outrora voados, permita que partilhe a "Ciência Humana" actual: o amor é o primeiro instinto do ser humano, sem literatura - por doutos cientistas premiados detentores das aspas da citação
um beijo iluminado
ana
ps: não caia ao rio:)

água disse...

Eduardo Punset: "A alma está no cérebro" - Publicações D. Quixote
(o ser humano é único, e distingue-se do animal - um mar a descobrir)

Luz del Fuego disse...

Ana... Não sei o que te diga, mas agradeço a(s) dica(s). Com ou sem aspas, e parafraseando uma pessoa muito querida: "único é o que não se repete".

Vou fazer por isso (depois falamos, não falamos?)

Eenvio-te um beijo com a mesma luz:-)..

SMA disse...

Água muita agua precisa-se...

;-)))

bjo
de ate já

SMA disse...

Obrigada, mesmo muito
.
.
.
que não caberá neste oceano de caminho.
.
.
bjo doce

P.S.- Ainda tenho que ir buscar a minha guitarra classica

Eu... disse...

Luz, oportunidades houve...mas não teve de "acontecer"!
partirás sem "acontecer"...mas ficarei com a imagem de à muitos anos atrás de momentos de boémia.

deixarás um pedaço de ti deste lado do oceano...
a "réstia de luz" »»»»»»»» menina mas Mulher, agri mas doce, mimada mas determinada...

apenas te ausentas, e nessa ausência quero deixar-te aqui um abraço profundo e que realizes na perfeição tudo aquilo que almejes.

um beijo carinhoso
P.Mascarenhas

Anónimo disse...

A pergunta que se impõe é:
Low cost, arranja-se?

;-)
Beijo, beijo, beijo, beijo

Filipa

PS: também tenho 600 pontos Vodafone e milhares de milhas náuticas. Será que dá para converter em milhas de voo?
Diz que, na bolsa, tb se consegue umas trocas jeitosas:
10 acções da EDP Renováveis dá mais um quilo de bagagem e 100 acções do BPI dá... um sms de borla (se for para a mesma rede)...

NÃO DEMORES :-)

lisse disse...

De tanto nos encontrarmos, nas "esquinas" dos caminhos que percorremos, resolvi, romper o silêncio...
Habitualmente entro e saio em silêncio...
Hoje, resolvi perguntar se o tempo de regresso, ainda não se anuncia?...

beijo

Luz del Fuego disse...

Lisse,

Um grande amor, quando acaba, não tem volta. Esse tempo de regresso só será possível quando a distância me permitir transformar e pacificar essa amálgama de emoções (muitas vezes díspares).

O meu lugar é onde estão os meus sonhos.

Bjs,
Luz

PS: fizeste bem em romper o silêncio, espero que fiques...;-)

lisse disse...

Primeiro, aprendo a gostar dos sitios (e das pessoas...)
Depois, vou-me soltando da timidez.
Quando falo, estou preparada para ficar...
Se me falam, aí já não me calo. Posso ausentar-me, mas volto porque criei raízes no tempo de espera.
Por este estranho mundo virtual, aprendi a amar pessoas silenciosamente...

Vou esperar a pacificação das tuas emoções, ou a sua substituição por outras mais fortes que te façam feliz.
Até lá vou "saboreando" as fotografias que nos ofereces. Verdadeiros poemas em imagens.
Abraço e fico à espera de te ver sorrir de novo

Luz del Fuego disse...

Obrigada Lisse!..

Um beijo,

Luz